MARQUISE

2 AGO. PALCO NAÚTICO - 16h30

Banda emergente que tem estado a dar que falar, Marquise surge “dos pavimentos melódicos dos anos 90, das baixelas marteladas e dos pratos ondulados pelo vento”. O seu primeiro EP, a título homónimo, canta a liberdade, abrindo novas janelas e derrubando velhas paredes, emanando para a rua o aroma inextinguível do rock portuense.

Trilhando o seu próprio caminho, estes são apenas os primeiros passos de uma viagem que se vai revelando auspiciosa e abundante.